Saber diferenciar os tipos de notas fiscais é algo muito importante para quem lida com vendas em seus negócios. Elas possibilitam o registo de suas operações e acompanhamento de processos, o conhecimento dos possíveis erros, as tributações e ainda irão facilitar a sua organização e garantindo tanto a sua segurança, quanto a do cliente.

Entenda agora os tipos de notas fiscais e suas respectivas funções.

NF-e (Nota Fiscal Eletrônica)

A nota fiscal eletrônica é um documento digital, emitido e armazenado em meios eletrônicos que foi criado para substituir os modelos 1 e 1A. Em outras palavras, ela é a versão digitalizada de uma nota fiscal impressa e é capaz de substituir o uso tradicional.

Essa documentação possui certificação digital e serve para registrar as vendas de produtos, trazendo muitos benefícios como, por exemplo, a rapidez para acessar as informações da compra.

Além de facilitar o cotidiano dos comerciantes, a digitalização das notas fiscais beneficia o meio ambiente, já que a produção de papel é reduzida.

NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica)

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (ou apenas NFS-e) é utilizada para comprovar a prestação de serviços para uma empresa ou pessoa física. A sua criação foi realizada para substituir a emissão da Declaração de Serviço, que era exigida pelos municípios em todo o Brasil.

NFC-e (Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica)

Muito semelhante à NF-e, as Notas Fiscais ao Consumidor são utilizadas para emitir comprovantes aos clientes, dando maior segurança na hora de realizarem suas compras.

Foi criado para substituir dois tipos de documentos fiscais. A Nota fiscal de venda ao consumidor (modelo 2) e o cupom fiscal, que é emitido por uma impressora ECF. Ela não deve ser confundida com a NF-e de produtos e mercadorias, apesar das duas serem semelhantes.

A emissão da NFC-e é mais comum no varejo e no comércio. Ela é emitida, em geral, por locais como supermercados, farmácias, bares, açougues e restaurantes.

Os canhotos, conhecido como DANFE, possuem um código HQ Code que permitirá o acesso às NFC online.

Esses são alguns exemplos das notas fiscais que você precisa conhecer para ter um bom funcionamento em sua empresa. Esse documentos eletrônicos podem reduzir os custos da sua organização, já que não haverá a necessidade de possuir as notas em mãos e agilizar os processos de vendas.

A nota fiscal eletrônica foi desenvolvida com o objetivo de modernizar o processo de emissão de documentos fiscais no país.

Mas existe uma maneira de facilitar ainda mais o gerenciamento das notas fiscais: as empresas podem adotar um sistema de gestão para controlar as finanças de forma simples e abrangente.

Esse programa de emissão de nota fiscal eletrônica fica vinculado ao controle financeiro de sua empresa, permite que você ganhe tempo digitando as informações apenas uma vez em um único sistema e reaproveitando-as sempre que possível ao longo do processo de compra e venda.

A Dygransoft possui o software permite o gerenciamento de todas as suas NF-e, NFC-e em um único sistema, de forma prática e segura.

Conheça o DGE-ERP através dos nossos consultores! Nossa equipe está disponível para tirar suas dúvidas!!!