Dia Internacional da Internet é comemorado hoje, 17 de maio

Publicado por Dygransoft em

Em 17 de maio o mundo celebra o Dia Internacional da Internet, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2006. Para se ter ideia da importância da rede mundial de computadores, apenas no Brasil, o número total de usuários ativos na Internet, tanto em casa quanto no trabalho, atingiu 52,3 milhões de pessoas, excluindo os meios móveis. O país é a sétima audiência da Internet e o maior mercado na América Latina, ou seja, 35% dos 131 milhões de usuários estão em terras brasileiras, conforme relatório publicado pela comScore.

 

A rede mundial de computadores surgiu em plena Guerra Fria e era usada para fins militares. Após sua popularização, a Internet tornou-se instrumento de trabalho, de estudo e de lazer. O diretor-presidente da Web Consult, Leonardo Bortoletto, explica que a rede mundial de computadores representou um novo ciclo para a humanidade. “O surgimento dessa ferramenta configurou uma nova revolução em todos os setores e, principalmente, no comportamento humano. As empresas estão valorizando as negociações online e até segmentos tradicionais estão investindo no mundo virtual. Diversos serviços já podem ser realizados através de um clique ou de um toque, como comprar pela Internet (mercado que movimentou R$ 22,5 bilhões em 2012), ensinar à distância, localizar um estabelecimento, pagar contas”, complementa o especialista em inteligência digital.

 

As redes sociais também fazem sucesso no Brasil. Pesquisa da comScore mostrou que, somente no Facebook, plataforma com o maior número de usuários no mundo, os brasileiros gastaram mais de 90% do tempo. “O Facebook está no topo do ranking das redes sociais, com 67 milhões de usuários, alta de 458% entre 2011 e 2012, segundo afirmação do vice-presidente do Facebook na América Latina, Alexandre Hohagen. Também não podemos deixar de citar o comércio eletrônico, que conquista cada vez mais adeptos no país. De acordo com a empresa e-bit, para 2013 a estimativa de faturamento do setor chega a R$28 bilhões. Os números mostram a revolução que a Internet causou e ainda causa na vida das pessoas e como está mudando a maneira de relacionamento e de fazer negócios”, ressalta o especialista.

 

Na avaliação do coordenador do Curso Técnico do COTEMIG, Leonardo Fonseca de Souza, a Internet trouxe contribuições valiosas também para a educação. “É uma ferramenta fundamental para a troca de conhecimento. Os estudantes têm um universo muito rico de pesquisa. As redes sociais podem funcionar como uma extensão da sala de aula para debates, moderados pelos professores, de temas iniciados no ambiente escolar. E, principalmente, ficou mais fácil disseminar o conhecimento. Pesquisadores conseguem se comunicar de forma ágil com outros especialistas em qualquer lugar do mundo”.

 

Souza observa que a Internet provocou uma revolução no mercado de trabalho, mais especificamente na área de TI. “Antigamente tínhamos o chamado CPD ou Central de Processamento de Dados e o segmento de Telecomunicações dentro das empresas. Com a Internet, essas duas áreas se fundiram e se transformaram em uma outra ainda mais ampla que hoje chamamos de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). No ambiente empresarial a Internet também está trazendo novas formas de trabalhar e de fazer negócio, todas as empresas estão neste meio ou oferecem produtos e serviços pela internet”, destaca.

 

Os aplicativos também podem ser citados como ferramentas criadas a partir da evolução da Internet. Esse tipo de produto é utilizado por pessoas físicas e jurídicas a fim de obterem redução de custos e agilidade no desempenho de funções. Entre os jovens, os aplicativos de envio de mensagens, de download de músicas e de vídeos são muito comuns. Já entre as empresas, eles são utilizados com o objetivo de otimizar o tempo de funcionários e de garantir maior qualidade em produtos e prestação de serviços. “Um exemplo de aplicativo muito utilizado pelas organizações é para as forças de vendas, uma espécie de escritório de vendas móvel, responsável por propiciar a troca de informações entre os vendedores e a gerência comercial de uma empresa, criando oportunidades de negócios e estimular o faturamento. Com o aplicativo no celular ou no tablet, o vendedor tem acesso à gestão de agenda de visitas comerciais, com informações sobre quais serão as demandas do dia e a ligações telefônicas a um custo extremamente baixo.

 

Outra possibilidade é o acesso à Gestão de Relacionamento com o Cliente (CRM), com perfil prévio do cliente e dados totalmente estratégicos e decisivos para a venda, como mercadológicos, produtos mais requisitados pelo comprador, consulta à situação de credito ou possibilidades de desconto. Por último, vem a venda propriamente dita, onde o pedido com os produtos é registrado em tempo real no escritório central da empresa, permitindo um maior controle e antecipação do faturamento”, explica o diretor da Ledcorp, José Lúcio Balbi de Mello.

 

Segundo Mello, a Internet já alcançou sua fase mais segura: a móvel. “O último estágio alcançado de evolução da web é o móvel, porque a informação não está mais dentro da empresa e, sim, armazenada em nuvens. O cloud computing, ou computação nas nuvens, garante mais segurança no armazenamento de dados”, finaliza.

 

Fonte: http://ecommercenews.com.br


Dygransoft

Fazemos parte do grupo Dygran, fundado em 1986 sediado na cidade de Maringá – PR. Desde 1995 a Dygransoft acumula competência e experiência no desenvolvimento de softwares de gestão de empresas (ERP). Nossas soluções são distribuídas por todo o Brasil através de parceiros que atendem prontamente a necessidade de cada cliente.

Iniciar Conversa
Precisando de Ajuda
Olá!
Podemos de ajudar?