Xbox One chega com Blu-ray e Processador AMD com 8 núcleos de 40 nanômetros.

Publicado por Dygransoft em

 

Xbox One é mais poderoso, reconhece voz e gestos e vai além dos games, se integrando também à TV; preço ainda não foi divulgado.

 

A Microsoft anunciou nesta terça-feira, em um evento em seu campus em Redmond, Washington, o sucessor do Xbox 360: Xbox One. Assim como a Sony, a companhia optou por não apresentar seu novo console em uma tacada só, guardando alguns mistérios para E3, conferência anual de jogos eletrônicos, que acontece em Los Angeles, EUA. O console pretende ser o centro de seu sistema de entretenimento doméstico, integrando jogos, conteúdo online e até mesmo TV ao vivo em um único aparelho.

Como já havia sido adiantado por rumores, o console é baseado em um processador de 64 Bits e arquitetura x86 (como a dos PCs) com oito núcleos, acompanhado por 8 GB de RAM. Há um drive de Blu-Ray, USB 3.0 e Wi-Fi 802.11n.

 

E mais, todo Xbox One virá acompanhado de uma nova geração do sensor Kinect, agora equipado com uma câmera capaz de capturar imagens em 1080p e com uma lente grande-angular. Com mais poder de processamento, o acessório é capaz não só de acompanhar os menores movimentos do jogador, como também de medir a profundidade da cena e até mesmo analisar o impacto dos movimentos sobre a musculatura do usuário. Também há um novo sistema de reconhecimento de voz. Combinadas, ambas as tecnologias permitem que o console reconheça o usuário assim que ele pega o controle, sem necessidade de selecionar manualmente um perfil ou fazer login manualmente.

 

Mais do que games

O Xbox One pretende ser não apenas um console de videogame, mas também o centro de seu entretenimento doméstico. Equipado com uma entrada HDMI, o console pode ser conectado ao seu sintonizador de TV a cabo, assumindo também o controle da programação de TV. Um sistema de reconhecimento de voz responde a comandos em linguagem natural, como “Watch SyFy” (Assistir ao SyFy) ou “What is on MTV?” (O que está passando na MTV?).

O console também se integra ao Skype, serviço de telefonia via Internet da Microsoft. É possível fazer e receber chamadas, em voz ou vídeo, e há até mesmo uma forma de multitarefa chamada “Snap Mode”: você pode ter dois aplicativos ao mesmo tempo, como um filme e uma chamada via Skype, lado-a-lado na tela.

A interface da nova “Dashboard” se parece com a tela Inicar do Windows 8. O sistema é programado para destacar as últimas tarefas que você estava fazendo, para que você possa continuar de onde parou.

 

E os jogos?

Pouco foi falado sobre os jogos para o Xbox One, a Microsoft parece estar reservando a maior parte das surpresas para a E3, que acontece em Junho. A EA Sports, braço da poderosa Electronic Arts, anunciou novos jogos nas séries FIFA, NBA Live, Madden e UFC, todos com gráficos aprimorados e o que a empresa chama de “inteligência humana” nos personagens controlados pelo computador.

Já a Microsoft Game Studios anunciou Forza Motorsport 5, um novo título na aclamada série de corrida, que será um dos jogos de lançamento. E a produtora Remedy, da série Alan Wake, mostrou um teaser de “Quantum Break”, um jogo onde cada ação do jogador interfere no mundo do jogo e afeta o desenrolar da história de formas inesperadas.

Segundo Phil Spencer, a Microsoft Game Studios planeja lançar 15 jogos para o Xbox One no primeiro ano do console no mercado, e todos eles serão novas franquias, em vez de remakes ou continuações de jogos já existentes.

A Activision fechou a apresentação com uma demo de Call of Duty: Ghosts, desenvolvido pela Infinity Ward. O jogo tem uma nova “engine” com gráficos muito aprimorados em relação ao título anterior da empresa, Modern Warfare 3, e tem uma história escrita pelo mesmo roteirista dos filmes Traffic e Syriana. Segundo Eric Hirschberg, da Activision, que distribuirá o jogo, todo o conteúdo extra (DLC) de Ghosts será lançado primeiro no Xbox One.

Uma má notícia para os fãs do Xbox 360: de acordo com o site The Verge, o Xbox One não será compatível com os jogos do Xbox 360. É a primeira vez que a Microsoft quebra completamente a compatibilidade com a geração anterior: o Xbox 360 era capaz de rodar vários (mas não todos) dos jogos mais populares do Xbox original, através de um emulador integrado ao sistema e constantemente atualizado.

 

E quanto isso vai custar?

Como esperado, a Microsoft não anunciou o preço nem a data de lançamento de seu novo console, e fez como a Sony prometendo apenas uma chegada às lojas até o final do ano. Mais informações devem ser anunciadas durante a E3, feira de games que será realizada em Los Angeles entre os dias 11 e 13 de junho.

 

Fonte: IDGNOW!


Dygransoft

Fazemos parte do grupo Dygran, fundado em 1986 sediado na cidade de Maringá – PR. Desde 1995 a Dygransoft acumula competência e experiência no desenvolvimento de softwares de gestão de empresas (ERP). Nossas soluções são distribuídas por todo o Brasil através de parceiros que atendem prontamente a necessidade de cada cliente.

Iniciar Conversa
Precisando de Ajuda
Olá!
Podemos de ajudar?