TALENTOS – Jovens se destacam em evento do Google

Publicado por Dygransoft em

Trabalho científico realizado por duas estudantes do ensino médio de Londrina foi selecionado em feira de ciências virtual que avaliou pesquisas de 120 países.

 

 

O gigante Google encontrou em Londrina duas estudantes cujas ideias podem contribuir para mudar o mundo. Inscritas na Google Science Fair, uma feira de ciências virtual que tem o objetivo de identificar – nos quatro cantos do mundo – trabalhos científicos de estudantes de 13 a 18 anos, Flávia Caroline Faggião e Nayara Martins Orsi, ambas de 17 anos, foram selecionadas entre 6 mil inscritos para integrar o grupo de 90 finalistas da competição. Em seu ano de estreia no concurso, o Brasil emplaca três projetos entre os 30 selecionados na região das Américas. Também é o único país além dos Estados Unidos e Canadá a ter finalistas selecionados dentre milhares de participantes de mais de 120 nações.

 

O trabalho de Flávia e Nayara chama-se “Identificação de organismos bioindicadores no litoral paranaense por meio de análise correlativa de fatores bióticos e abióticos”. Iniciada quando as duas ainda estavam no sexto ano do ensino fundamental do Colégio Interativa, a pesquisa ganhou corpo com o passar dos anos e, hoje, busca estabelecer indicadores da qualidade da água do litoral paranaense através da análise da presença de fitoplanctons. “Seria uma alternativa à análise de coliformes fecais”, explicam elas, que no início do projeto tiveram a companhia da colega Bárbara Freire.

 

Para chegar aos parâmetros atuais, foram quatro anos de pesquisas, muito tempo gasto sobre artigos científicos, horas ao microscópio e várias coletas de água no litoral. Na primeira etapa, foram sete coletas em onze pontos entre Pontal do Paraná e Barra do Saí, em toda a extensão do litoral paranaense. Para realizar o trabalho, elas contaram com apoio do professor orientador Fábio Bruschi, que coordena o programa de iniciação científica da escola, e também das famílias, que encararam as várias viagens para garantir o sucesso das adolescentes.

 

O trabalho rendeu entrevistas a publicações científicas consagradas, como Scientifican American e Nature. Também levou a equipe a Nova Iorque, no início do ano, para participar da Genius Olympiad, onde receberam medalha de bronze. Conquistou ainda prêmios em várias feiras brasileiras de iniciação científica.

 

Tantas experiências, segundo as meninas, estão tornando o ensino médio muito mais empolgante do que a rotina de apenas ficarem sentadas na sala de aula preocupando-se com o vestibular. “As viagens, as críticas recebidas e os elogios ajudam a gente a crescer”, considera Nayara, que quer estudar Oceanografia. Flávia, que pretende prestar vestibular para Medicina, acredita que a experiência de desenvolver trabalhos científicos trouxe conhecimentos impossíveis de mensurar, como por exemplo a desenvoltura de falar na frente de muitas pessoas. “A gente pensa em mudar o mundo”, diz, enfatizando que as duas chegaram onde estão por acreditarem na ideia.

 

O professor Bruschi explica que a disciplina de iniciação científica é opcional no ensino médio, mas as meninas quiseram continuar o projeto e hoje colhem os resultados. “No programa, os alunos aprendem a lidar com informação, o que é muito importante em qualquer área. Ler muito bem e desenvolver o raciocínio lógico são habilidades fundamentais em qualquer área. Na iniciação científica, é possível estudar o que quiser”, explica.

 

Disciplina, cumprimento de cronograma e jogo de cintura para lidar com situações adversas são outras habilidades adquiridas. “São alunos que realmente pensam, não ficam apenas reproduzindo informações.”

 

Fonte: Leia a reportagem completa em conteúdo exclusivo para assinantes da FOLHA.

 

Carolina Avansini
Reportagem Local


Dygransoft

Fazemos parte do grupo Dygran, fundado em 1986 sediado na cidade de Maringá – PR. Desde 1995 a Dygransoft acumula competência e experiência no desenvolvimento de softwares de gestão de empresas (ERP). Nossas soluções são distribuídas por todo o Brasil através de parceiros que atendem prontamente a necessidade de cada cliente.

Iniciar Conversa
Precisando de Ajuda
Olá!
Podemos de ajudar?